Semalt apresenta guia completo sobre fraudes na Internet

A Internet é um recurso vasto para quase todos. Os sites de comércio eletrônico se beneficiam da web ao alcançar diferentes clientes em todo o mundo. Na maioria dos casos, as pessoas empregam técnicas de marketing na Internet, graças aos inúmeros recursos de programação da Web, que se tornam disponíveis ao longo do tempo. No entanto, esse recurso tem a atenção da maioria dos criminosos cibernéticos. Como as pessoas criam muitos sites, os cibercriminosos continuam atualizando suas ferramentas e métodos, e quase todas as formas de conectividade de computadores estão sujeitas a uma ou várias formas de hackers. Quando criamos sites, nos concentramos principalmente na entrega de produtos / serviços, bem como nas habilidades de marketing na Internet para manter o site no topo da classificação do SERP. Como resultado, o potencial e o risco de um hacker nunca são considerados em nossos empreendimentos online. Como resultado, os casos de fraude na Internet estão aumentando.

Alexander Peresunko, gerente de sucesso do cliente Semalt , oferece uma olhada nos casos mais comuns de fraude na Internet:

  • Phishing.

Essa técnica envolve a criação de páginas de sites clones. Como resultado, o cibercriminoso pode obter uma vítima inocente ao clicar nelas e fornecer informações pessoais a uma página falsa. Este truque, por sua vez, causa vazamento de informações a terceiros, que não apenas se concentram em obter as informações, mas também as utilizam para realizar grandes transferências criminais. Sensibilizar seus visitantes sobre ataques de phishing iminentes é importante.

  • Spamming.

E-mails de spam são esses e-mails anônimos, que tendem a exigir que uma pessoa realize uma coisa específica. A maioria dos emails de spam contém links para sites prejudiciais, bem como solicitações de apelo à ação, que dão ao hacker controle total sobre toda a situação. Os emails de spam podem executar algumas atividades criminais em massa, bem como outros crimes nativos, como fraude.

  • Clonar sites.

O hacker também pode criar sites falsos para realizar alguns de seus golpes online. Sites falsos podem segmentar compradores e forçá-los a fazer compras no site errado. Como resultado, o dinheiro é perdido em uma conta de comerciante cuja propriedade não é clara. Sites falsos podem fazer com que seus clientes percam a confiança em sua loja, tornando todo o processo problemático.

  • Hacking.

Hacking é o acesso ou autorização ilegal de computador ou técnicas online. Os hackers chegam às lojas on-line de onde vêm e tiram milhões de dinheiro. Em outros casos, os hackers também podem extrair informações valiosas de milhões de usuários. O hacking é punível por lei e pode levar à prisão. A negação de serviço é um procedimento comum de hacking que envolve sobrecarregar um servidor com solicitações. Esses e muitos outros hacks podem derrubar um site, fazendo com que todos os esforços de SEO sejam desperdiçados.

Conclusão

Para que todas as atividades online funcionem bem, é necessário que haja um caso de fraude na Internet, bem como uma tentativa de invasão. Como resultado, pessoas diferentes têm motivos diferentes no que diz respeito ao uso da Internet. Para os proprietários de sites, é importante estar ciente dos casos de fraude na web, que podem atacar seu site. Além disso, os hackers também podem direcionar seus clientes e roubar muitas informações valiosas. Por exemplo, hackers podem realizar roubo em massa de cartões de crédito através de phishing ou spam. Você pode aprender sobre fraudes na Internet neste guia. Você também pode manter seu site seguro e protegido contra o uso deles.